Leia a íntegra do novo relatório da CPI da Covid no Senado

O documento será lido na sessão desta quarta-feira (20/10) e conta com 1.180 páginas

atualizado 20/10/2021 12:26

Renan Calheiros conversa com assessores antes da abertura da CPI. Em suas mãos, o relatório da CPIRafaela Felicciano/Metrópoles

Após uma série de alterações e muita negociação, o senador Renan Calheiros (MDB-AL) apresentou o parecer oficial aos integrantes da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, instalada pelo Senado.

O documento será lido na sessão desta quarta-feira (20/10) e conta com 1.180 páginas. Renan pediu o indiciamento de 66 pessoas e duas empresas. A votação será na próxima terça-feira (26/10).

No novo documento, o relator retirou o pedido de indiciamento do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pelo crime de genocídio contra povos indígenas e o indiciamento de Flávio Bolsonaro pelo crime de advocacia administrativa. Esses eram pontos divergentes entre os senadores.

Além disso, o relatório acusa o vereador Carlos Bolsonaro (Repúblicanos-RJ), o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) de liderarem uma rede de disseminação de fake news durante a pandemia.

A CPI foi criada para apurar supostas omissões e irregularidades do governo federal no combate à pandemia no Brasil.

Veja a íntegra do relatório da CPI:

Relatório final de Renan Calheiros da CPI da Covid-19 20/10/2022 by Metropoles on Scribd


Mais lidas
Últimas notícias