Irmãos de Dom Phillips receberam ligação de embaixada sobre corpos

Segundo a reportagem do The Guardian, os irmãos de Dom Phillips foram informados pelo embaixador brasileiro no Reino Unido, Fred Arruda

atualizado 13/06/2022 13:34

Dom Phillips, jornalista britânicoRedes sociais/reprodução

Veículo de imprensa inglês no qual Dom Phillips trabalhava, o The Guardian noticiou na manhã desta segunda-feira (13/6) que, além de Alessandra Phillips, esposa do jornalista, os irmãos dele também foram informados da descoberta de dois corpos “amarrados a uma árvore em floresta remota”, no Vale do Javari, no Amazonas.

É nessa região que os dois despareceram há mais de uma semana. Segundo a reportagem, o embaixador brasileiro no Reino Unido, Fred Arruda, deu a triste notícia à família de Phillips por um telefonema. Depois, a informação foi corrigida. Na verdade, um representante da embaixada, identificado como Roberto Doring, fez a ligação.

“Ele disse que queria que soubéssemos que eles encontraram dois corpos. Ele não descreveu o local e apenas disse que era na floresta tropical e, disse que eles estavam amarrados a uma árvore e ainda não haviam sido identificados”, disse Paul Sherwood, cunhado de Phillips.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
Publicidade do parceiro Metrópoles 5
0

Arruda ainda acrescentou ao cunhado de Dom que, assim que “estivesse claro, ou quando fosse possível, eles fariam uma identificação”.

Depois de a Polícia Federal ter encontrado, ao longo da semana, rastros de escavação e de barco arrastado, material genético e até pertences das vítimas, a esposa de Dom, Alessandra Phillips, confirmou ao jornalista André Trigueiro, que os dois foram encontrados sem vida na região das buscas.

Nenhum dos envolvidos nas buscas e nas investigações, bem como a embaixada do Reino Unido no Brasil não confirmaram a informação. Na verdade, a PF enviou nota em que nega a descoberta dos corpos.

Segundo o relato de Trigueiro, Alessandra Phillips teria recebido uma ligação dos agentes da PF, informando a localização dos corpos, que seguiram para a perícia e identificação.

Repercussão internacional

O desaparecimento dos dois ganhou repercussão internacional. Dom e Bruno se deslocaram com o objetivo de visitar a equipe de vigilância indígena que fica próxima ao Lago do Jaburu. O jornalista pretendia fazer algumas entrevistas com integrantes da comunidade que residem no local.

Phillips está trabalhando em um livro sobre meio ambiente com apoio da Fundação Alicia Patterson. Além do Guardian, Phillips já publicou trabalhos em agências internacionais de notícias e em veículos como Financial Times, New York Times e Washington Post.

Desde o último dia 6, equipes da Marinha do Brasil, da Polícia Federal, da Polícia Militar do Amazonas e da Força Nacional participam das buscas ao jornalista e ao indigenista.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias