Governadores cobram diálogo de Bolsonaro com países fornecedores de insumos

Em carta enviada ao presidente, os 27 líderes estaduais apontaram a possibilidade de interrupção da campanha de imunização contra a Covid-19

atualizado 20/01/2021 17:30

Michael Melo/Metrópoles

Em carta enviada ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nesta quarta-feira (20/1), governadores dos 27 estados cobraram o estabelecimento de um “diálogo diplomático” do governo brasileiro com China e Índia, países provedores de insumos para as vacinas contra o coronavírus.

No documento, os líderes estaduais destacam o diálogo como fundamental para assegurar a produção de vacinas e a continuidade do processo de imunização no Brasil.

Até o momento, entraves diplomáticos com os países asiáticos estão atrasando a importação do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) e de doses prontas da vacina contra Covid-19.

Uma compra de insumos da China ainda aguarda decisões do governo do país asiático para iniciar a viagem para o Brasil e suprir a demanda para a produção das doses da Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan.

Além disso, o Brasil tenta importar da Índia 2 milhões de doses da vacina de Oxford, já autorizadas pela Anvisa, mas a vinda das doses para o país ainda não foi liberada. Também há uma compra de insumos para a produção do mesmo imunizante, a ser iniciado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

“Ao cumprimentá-lo cordialmente, os governadores dos entes federados brasileiros que subscrevem este expediente dirigem-se a Vossa Excelência a fim de tratar da premente necessidade de manutenção do fornecimento externo dos insumos empregados na produção de vacinas contra Covid-19 no Brasil”, diz o documento.

“Nesse sentido, solicitamos a essa Presidência que seja avaliada a possibilidade de estabelecimento de diálogo diplomático com os governos dos países provedores dos referidos insumos, sobretudo a China e a Índia, para assegurar a continuidade do processo de imunização no país”, ressalta a carta enviada ao presidente.

0

 

Últimas notícias