Filiado ao PSL, agressor de morador de rua é expulso

Em vídeo que circula nas redes sociais, homens fingem que vão ajudar a vítima, mas a agridem

atualizado 10/04/2020 21:52

Identificado como Adonias Correa Santana, o homem que aparece em vídeo agredindo um homem em situação de rua era filiado ao PSL até a manhã desta sexta-feira (10/04). Ao Metrópoles, o presidente do partido no Mato Grosso, Aécio Rodrigues, confirmou a expulsão do então primeiro-secretário da legenda em Tabaporã e chamou o ato de covarde.

“Foi uma atitude covarde e inaceitável. Expulsamos na hora em que ficamos sabendo e espero que ele responda na Justiça por esse ato”, afirmou ele.

Vídeo feito pelos próprios agressores mostram Adonias e outro homem oferecendo dinheiro à vítima, que, ao estender a mão para pegar as notas, leva um tapa no rosto. As imagens causaram revolta nas redes sociais.

Após a repercussão, pelo Twitter, o ex-jogador Juninho Pernambucano contou que, por meio do advogado Rogério Pereira, conseguiu localizar o agredido, chamado Anderson, e descobriu que ele é dependente químico. Segundo o atleta, Anderson consentiu em ser tratado em uma clínica para dependentes químicos e será acompanhado pelo advogado.

“Antes de criticá-lo, saiba que na maioria das vezes, o caminho das drogas é o único que é capaz, para muitos, de trazer algum prazer em estar vivo”, escreveu o ex-jogador, hoje diretor de um clube francês.

Últimas notícias