Família no helicóptero: “Vou mandar ir de carro?”, rebate Bolsonaro

Após se recusar a responder questionamento, presidente disse não ver nada de errado em transportar parentes na aeronave da FAB

atualizado 27/07/2019 14:53

Reprodução

Após se recusar a responder uma pergunta de jornalistas nessa sexta-feira (26/07/2019), o presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse, na manhã deste sábado (27/06/2019), não ver nada de errado em usar o helicóptero da Força Aérea Brasileira (FAB) para levar parentes para o casamento do filho Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), no Rio de Janeiro.

Nessa sexta-feira, ao deixar a solenidade de formatura de aspirantes e oficiais da Polícia Militar de Goiás, em Goiânia (GO), o presidente foi questionado sobre o uso de helicóptero da FAB para transportar familiares. Bolsonaro chamou de “idiota” a pergunta e, irritado, encerrou a entrevista.

Já neste sábado, em Cerimônia do Exército no Rio, o presidente decidiu falar: “Eu vou responder. Eu fui a casamento do meu filho. A minha família ia comigo. Eu vou negar o helicóptero a ir para lá e mandar ir de carro? Não gastei nada [além] do que já ia gastar”, justificou.

Assista ao vídeo publicado pela família de Bolsonaro:

 

 

Ao chegar à cerimônia no Rio, o chefe do Executivo se mostrou irritado com a imprensa. “Só fazem pergunta esquisita. Irã, OMC, Mercosul, futuro do Brasil, Forças Armadas. Ontem [sexta-feira], lá [em Goiânia]. Uma pergunta que pelo amor de Deus”, disse.

Entenda
O uso da aeronave para transportar a família foi denunciado nessa sexta-feira pelo deputado Paulo Pimenta, líder do PT na Câmara, cerca de dois meses após o casamento de Eduardo com a psicóloga Heloísa Wolf. Antes da cerimônia, um sobrinho do presidente, identificado como Osvaldo Campos, fez uma transmissão no Facebook com outros familiares para registrar o momento.

Últimas notícias