Embaixador da China vai receber governadores para tratar de insumos

Yang Wanming confirmou reunião com o Fórum de Governadores para quinta (20/5) para tratar do cronograma de entregas de insumos para vacinas

atualizado 17/05/2021 10:15

embaixador da China Yang WanmingReprodução

O embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, vai receber governadores na próxima quinta-feira (20/5), às 10h30, para tratar do cronograma de entrega de insumos para produção de vacinas contra a Covid-19 para o Instituto Butantan e para a Fiocruz. A informação foi confirmada pelo governador do Piauí, Wellington Dias (PT).

Os gestores estaduais também querem tratar de pedido feito anteriormente de 30 milhões de vacinas da chinesa Sinopharm.

A produção de doses da Coronavac pelo Butantan foi interrompida na última sexta-feira (14/5) devido à falta do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA), base necessária para a produção do imunizante.

A estimativa é produzir ao menos 18 milhões de doses de imunizantes com o novo lote de IFA. A China é fornecedora de matéria-prima para a produção tanto da Coronavac como da vacina de Oxford, produzida pela Fiocruz.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), tem feito reuniões com o embaixador do Brasil na China para tentar viabilizar o envio dos insumos. O tucano atribui a situação às falas do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) contra o país asiático.

Últimas notícias