RS: Eduardo Leite critica governo federal por não fazer Censo 2021

De acordo com o governador do RS, a desistência "é um ataque à compreensão da realidade do país" e atrapalha execução de políticas públicas

atualizado 23/04/2021 20:33

Eduardo-LeiteDivulgação

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, criticou nesta sexta-feira (23/4), por meio das redes sociais, a decisão do governo Jair Bolsonaro (sem partido) de não realizar o Censo Demográfico 2021. Para ele, cancelar o estudo estatístico é “um ataque à compreensão da realidade do país”.

O governador do RS afirmou que “sem dados, limitamos a capacidade de administrar com eficiência, travando o crescimento econômico.

Veja:

O levantamento censitário já havia sido adiado – de 2020 para este ano. Ele também não será realizado em 2021 por falta de orçamento.

A não realização do Censo 2021 foi confirmada pelo secretário especial da Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues.

“Não há previsão orçamentária para o Censo. Portanto, ele não se realizará em 2021. As consequências e a gestão para um novo Censo serão comunicadas ao longo deste ano, a partir de decisões tomadas na Junta de Execução Orçamentária”, declarou o secretário.

Últimas notícias