Eduardo Bolsonaro sobre colegas do PSL: “Joice é a pior deles”

O filho do presidente Jair Bolsonaro afirmou que uma eventual suspensão não vão afetar a atividade parlamentar dele: “Estou tranquilo”

Andre Borges/Esp. Metrópoles

atualizado 28/11/2019 17:03

Com o risco de ser suspenso do PSL, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (SP) e filho “03” do presidente da República, afirmou nesta quinta-feira (28/11/2019) que está “tranquilo” com o futuro dele na sigla. Ele garante que um possível afastamento não vai afetar em nada sua atividade parlamentar.

Ao Metrópoles, Eduardo também não perdeu a oportunidade de cutucar a atual inimiga, Joice Hasselmann (PSL-SP). “Joice é a pior deles [parlamentares bivaristas do PSL]. Ela fez aquilo [entrou com uma representação no conselho de ética contra ele] só porque eu subi a hashtag ‘Deixem de seguir a Pepa’. Só por isso”, disse.

Interlocutores próximos ao presidente do PSL, Luciano Bivar (PE), afirmam que a sigla vai tentar desidratar a atividade parlamentar dos deputados bolsonaristas, mas não vai expulsá-los, porque “é isso que eles querem”.

Sobre essa batalha, o deputado afirmou que Bivar e seus aliados é quem “perdem” com isso. “Claro que é chato perder cargo em comissão, possibilidade de ter relatoria. Mas não faz tanta diferença assim, tenho contato com meus eleitores, eles sabem quem eu sou.”

Questionado sobre qual será a reação dele se o Diretório Nacional decidir pela suspensão dele na segunda-feira (02/12/2019), o filho de Jair Bolsonaro contou que vai conversar com os advogados para saber qual será a estratégia nesta reta final.

Eduardo não descarta entrar com um recurso individual contra a eventual decisão, no entanto, ainda vai estudar a possibilidade com sua equipe. “Eu não queria mexer com eles”, acrescentou.

Últimas notícias