Datafolha: 62% dizem que militares não devem ir a atos políticos

Pesquisa foi publicada na noite deste domingo (11/7) no jornal Folha de S. Paulo. Pazuello não foi punido após participar de manifestação

atualizado 11/07/2021 23:53

pazuello e bolsonaro durante passeio de moto no rio de janeiroAline Massuca/Metrópoles

Pesquisa Datafolha divulgada na noite deste domingo (11/7), no jornal Folha de S. Paulo, revela que 62% dos brasileiros avaliam que militares das Forças Armadas não devem participar de manifestações políticas.

Por outro lado, 39% acreditam que os militares podem participar e 4% não souberam opinar.

Em 23 de maio, no Rio de Janeiro, o ex-ministro Eduardo Pazuello subiu em um carro de som ao lado do chefe do presidente Jair Bolsonaro. Eles prestigiavam manifestação pró-governo organizada por motociclistas na capital fluminense.

No entanto, o Estatuto dos Militares e o Regulamento Disciplinar do Exército proíbem que militares da ativa participem de atos políticos, por isso foi instaurado um processo administrativo contra o general. O Exército Brasileiro (EB) decidiu não punir o general.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
0

Mais lidas
Últimas notícias