CPI convoca presidente da ANS para tratar de acusações contra Prevent Senior

Comissão vai apurar quais providências a agência tomou em relação à operadora de saúde. A oitiva deve ocorrer na quinta-feira (7/10)

atualizado 30/09/2021 18:07

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 aprovou, nesta quinta-feira (30/9), extrapauta, a convocação de Paulo Roberto Rebello, diretor-presidente da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), para prestar depoimento ao colegiado. O presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM), disse, mais cedo, que a oitiva deve ocorrer na próxima quinta-feira (7/10).

Rebello deve informar quais procedimentos a agência tomou em relação ao caso da Prevent Senior.

Recentemente, a ANS pediu ao colegiado que compartilhe informações sobre a operadora de saúde. Um documento foi encaminhado ao presidente da entidade.

A Prevent Senior é suspeita de ter ocultado o número de mortes de pacientes em um estudo sobre uso da cloroquina para tratar a Covid-19, apoiado por Jair Bolsonaro (sem partido). A operadora de saúde também é acusada de ter pressionado a prescrição de medicamentos, como a própria hidroxicloroquina, ineficazes contra a doença pandêmica. O Ministério Público de São Paulo abriu um inquérito sobre o caso.

Mais cedo, Aziz estabeleceu que o relatório final da CPI deverá ser apresentado em 19 de outubro e votado no dia seguinte.

Mais lidas
Últimas notícias