Comandante do Exército: Previdência militar é questão do presidente

General Edson Leal Pujol visitou o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), nesta terça-feira (26/2)

atualizado 26/02/2019 18:00

Rafela Felicciano/Metrópoles

O general Edson Leal Pujol, comandante do Exército Brasileiro, disse nesta terça-feira (26/2) que o envio da proposta de Previdência dos militares ao Congresso Nacional é uma questão política que diz respeito ao presidente da República.

Ele fez uma visita de cortesia ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), na manhã desta terça. “Não nos diz respeito, isso é uma questão do presidente da República”, disse o general a jornalistas, após o encontro com Alcolumbre.

Questionado se a tramitação simultânea da proposta para militares com a de regime geral facilitaria o andamento do texto no Congresso, Pujol afirmou se tratar de uma “questão política, e não militar”.

Alcolumbre e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), vão se reunir para um almoço com o ministro da Economia, Paulo Guedes, nesta quarta-feira (27) para tratar da proposta de Previdência dos militares.

A informação foi dada pela deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), durante visita ao Palácio do Planalto, na noite dessa segunda-feira (25).

Últimas notícias