metropoles.com

Celso de Mello libera vídeo de reunião no Planalto a Moro, PGR e PF

Intenção do ministro do STF é possibilitar a formulação de perguntas ao ex-ministro da Justiça e Segurança Pública

atualizado

Compartilhar notícia

MICHAEL MELLO/METRÓPOLES
celso de mello
1 de 1 celso de mello - Foto: MICHAEL MELLO/METRÓPOLES

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello liberou para a Procuradoria Geral da República (PGR), Polícia Federal (PF) e o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro o acesso ao vídeo da reunião no Palácio do Planalto, em que Moro afirma ter sido ameaçado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), caso não lhe entregasse a Superintendência da PF no Rio de Janeiro. A informação é da revista Época.

Segundo a publicação, o objetivo, segundo a decisão de Mello, seria permitir à delegada Christiane Corrêa, responsável pela investigação que apura se o presidente tentou interferir politicamente na PF, e a Moro formular perguntas para os interrogatórios dos ministros do Planalto, que ocorrerão na semana que vem.

Depoimento à PF

Em depoimento prestado no último sábado (02/05) à Polícia Federal, em Curitiba, o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro informou ter sofrido “pressão” de Bolsonaro para trocar o comando da Polícia Federal.

Segundo o Moro, o principal foco de Bolsonaro era a sede da corporação no Rio de Janeiro, onde o seu filho mais velho, o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos), é alvo de investigação por suposta prática de “rachadinha” quando era deputado estadual.

4 imagens
Sergio Moro já prestou depoimento na PF sobre acusações contra Jair Bolsonaro
Ex-ministro Sergio Moro ao deixar cargo no governo Bolsonaro
Em 2018, Moro anuncia que aceitou cargo no governo Bolsonaro
1 de 4

Sergio Moro foi ministro da Justiça no governo Bolsonaro

Hugo Barreto/Metrópoles
2 de 4

Sergio Moro já prestou depoimento na PF sobre acusações contra Jair Bolsonaro

Igo Estrela/Metrópoles
3 de 4

Ex-ministro Sergio Moro ao deixar cargo no governo Bolsonaro

Rafaela Felicciano/Metrópoles
4 de 4

Em 2018, Moro anuncia que aceitou cargo no governo Bolsonaro

HENRY MILLEO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

 

Ainda segundo o ex-juiz da Lava Jato, o presidente queria “relatórios da PF” sobre as investigações.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?