Carlos Bolsonaro prevê panelaço e reclama de “ONGs vagabundas”

O filho do presidente usou as redes sociais para fazer um alerta sobre "panelaços" durante discurso do pai na ONU, nesta terça

atualizado 21/09/2020 22:44

Daniel Ferreira/Metrópoles

O vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho “02” do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), usou suas redes sociais para chamar organizações sociais de “vagabundas” ao prever um panelaço contra o pai, nesta terça-feira (22/9), durante o discurso que o chefe do Executivo federal brasileiro fará na abertura da 75ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU). O discurso deverá ocorrer as 10h, horário de Brasília.

“Todas as ONGs vagabundas se organizando nas redes sociais para orquestrar panelaço contra o Presidente amanhã em seu discurso para a ONU. Este tipo de MOVIMENTO ORQUESTRADO jamais será investigado e nem será motivo de inquérito, óbvio! O LÍDER ELEITO DA NAÇÃO é alvo!”, disse Carlos em postagem.

Tradicionalmente, o Brasil é o país a fazer o discurso de abertura da assembleia. A expectativa é de que o presidente use a oportunidade para rebater críticas de que o governo brasileiro segue inerte na questão ambiental. Bolsonaro, mais uma vez, deve afirmar que há uma perseguição contra o Brasil.

Bolsonaro também deve argumentar a favor da atuação de seu governo no enfrentamento à Covid-19, que adotou diretrizes contrárias às recomendações de autoridades sanitárias. Esta segunda participação de Bolsonaro na Assembleia Geral da ONU ocorrerá de modo virtual, por causa da pandemia do novo coronavírus.

0

Últimas notícias