Bruno Covas recebe alta do Hospital Sírio-Libanês

Prefeito de São Paulo estava internado desde que teve hemorragia decorrente de tratamento contra câncer

Reprodução

atualizado 18/12/2019 15:31

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), recebeu alta nesta quarta-feira (18/12/2019) do Hospital Sírio-Libanês, onde estava internado para o tratamento de câncer no sistema digestivo. A informação foi confirmada pela assessoria do hospital.

Segundo o boletim médico divulgado pelo Sírio-Libanês, Covas está “muito bem” e pode exercer normalmente suas atividades profissionais.

O prefeito deverá retornar ao hospital na próxima sexta-feira (20/12/2019) à unidade para exames e já há uma sessão de quimioterapia marcada para dia 26 de dezembro. Ao Metrópoles, a assessoria confirmou que ele já foi para casa.

Há uma semana, o tucano teve que ser levado para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) por causa de uma hemorragia. O sangramento foi no fígado, após procedimento de demarcação da lesão do tumor, mas foi controlado pela equipe médica no mesmo dia – ele foi, contudo, internado na UTI para ser monitorado com mais intensidade.

No total, Covas deve passar por oito ciclos de quimioterapia, em um tratamento que deve durar quatro meses. A doença foi identificada quando ele foi ao hospital para tratar uma infecção na pele. O tumor foi encontrado no estômago, próximo ao esôfago.

Apesar da luta contra a doença, Covas não se afastou do cargo. Em entrevista ao Estadão, ele disse que só sairá da prefeitura caso seja necessário.

Últimas notícias