Bolsonaro indica negociação para embaixada do Brasil em Jerusalém

Presidente comemorou a inauguração do escritório de negócios na cidade e falou que conversa com líderes árabes

atualizado 17/12/2019 20:15

Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) comemorou, na tarde dessa terça-feira (17/12/2019), a inauguração do escritório de negócios em Jerusalém e indicou, de forma implícita, que o objetivo final do governo é a transferência da embaixada do Brasil em Israel da capital Tel Aviv para a cidade considerada sagrada.

“Inauguramos o nosso escritório de negócios em Jerusalém. Venho conversando com líderes do mundo árabe. Estamos trabalhando para atingir o nosso objetivo. Não basta um compromisso apenas de campanha, devemos fazê-lo de modo que todos entendam o seu real objetivo. O meu é lealdade a Deus”, afirmou, em discurso durante um culto no Palácio do Planalto.

O indicativo atende à expectativa do primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu. No evento de abertura do escritório da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex), no domingo (15/12/2019), Netanyahu lembrou que a transferência é uma promessa de campanha de Bolsonaro.

Se o gesto se concretizar, o Brasil será o terceiro país a adotar a mudança, seguindo Estados Unidos e Guatemala.

Mais lidas
Últimas notícias