Bolsonaro faz previsão sobre a Covid-19: “Outra onda, sim, está vindo”

O aumento do contágio ocorre principalmente em países da Europa, por conta da variante Delta e da baixa procura pela vacina

atualizado 25/11/2021 14:13

Alan Santos/PR

Ao comentar o aumento nos casos da Covid-19 no mundo, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse, nesta quinta-feira (25/11), que outra onda do vírus está vindo.

“Outra onda, sim, está vindo. Eu não sei se é outra cepa de vírus ou se acabou a validade das vacinas tomadas por lá. Os problemas estão aí”, afirmou Bolsonaro, em entrevista à Rádio Sociedade da Bahia.

Os especialistas indicam que, com a chegada da variante Delta e a baixa procura pela vacinação, em diversos países fora da América Latina, cria-se o ambiente perfeito para a transmissão do coronavírus. Algumas nações da Europa, por exemplo, voltaram a decretar o lockdown, para tentar interromper o crescimento das contaminações. É o caso da Áustria, que, há alguns dias, anunciou restrito isolamento social, pela quarta vez.

0

No Brasil, diferentemente do que se vê na Europa, o número de internações e mortes vem caindo sistematicamente. De acordo com os especialistas, uma das explicações é o avanço da aplicação das duas doses do imunizante contra a Covid-19.

“É uma realidade que temos que enfrentar. Não adianta a gente esconder e nem culpar ninguém por essa tragédia que está acontecendo no mundo todo”, salientou Bolsonaro.

O chefe do Executivo federal, apto para se vacinar desde abril deste ano, disse diversas vezes que não tomará o imunizante. Segundo um levantamento feito pelo Metrópoles, o presidente desencorajou vacinação em pelo menos 20 ocasiões.

Apesar das evidências, na mesma entrevista à Rádio Sociedade Bahia, Bolsonaro questionou a validade do imunizante contra Covid-19. “A vacina deve ter uma validade. Seis meses depois, os anticorpos estão mais baixos. Já quem tem a doença conta com muito mais imunidade”, declarou.

Mais lidas
Últimas notícias