Bolsonaro fala em “problema sério” ao se referir à crise hidrológica

Segundo Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), balanço hidrológico do período 2020-2021 foi o pior aporte hidráulico da história

atualizado 10/05/2021 20:51

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), durante anúncio de investimentos para o Programa Águas BrasileirasReprodução/ TV Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, nesta segunda-feira (10/5), que o país tem “um problema sério pela frente” ao se referir à crise hidrológica. Durante conversa com apoiadores, no Palácio da Alvorada, Bolsonaro disse que terá “dor de cabeça” para resolver o impasse e que o Brasil “deu azar”.

“Nós estamos com um problema sério pela frente. Estamos vivendo a maior crise hidrológica da história. A gente vai ter dor de cabeça. Não chove… Quer dizer, é a maior crise que se tem notícia. Demos mais um azar. E a chuva geralmente é até março. Agora já está na fase que não tem chuva, mas tudo bem. Vamos tentar, ver como a gente pode se comportar”, declarou o presidente.

Em abril, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou que a conta de luz terá bandeira vermelha 1 no mês de maio. Na prática, isso significa que será cobrada uma taxa adicional mais alta, de R$ 4,169 para cada 100 kWh.

Segundo órgão, o mês de abril marcou o fim do período de transição entre as estações úmida e seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN). O balanço hidrológico do período úmido 2020-2021 resultou no pior aporte hidráulico da história do SIN, medido desde 1931.

A adoção da bandeira vermelha nas contas de luz tem impacto direto sobre a inflação geral do país. Em março, o índice oficial acumulava alta de 6,10% em 12 meses, ou seja, acima da meta de inflação para 2021, que é de 3,75%.

Dicas para uso consciente

A Aneel reforça que, com o acionamento da bandeira vermelha, é importante reforçar ações relacionadas ao uso consciente e ao combate no desperdício de energia.

Chuveiro elétrico

  • tomar banhos mais curtos, de até cinco minutos;
  • selecionar a temperatura morna no verão;
  • verificar as potências no seu chuveiro e calcular o seu consumo.

Ar condicionado

  • não deixar portas e janelas abertas em ambientes com ar condicionado;
  • manter os filtros limpos;
  • diminuir ao máximo o tempo de utilização do aparelho de ar condicionado;
  • colocar cortinas nas janelas que recebem sol direto.

Geladeira

  • só deixar a porta da geladeira aberta o tempo que for necessário;
  • regular a temperatura interna de acordo com o manual de instruções;
  • nunca colocar alimentos quentes dentro da geladeira;
  • deixar espaço para ventilação na parte de trás da geladeira e não utilizá-la para secar panos;
  • não forrar as prateleiras; e
  • descongelar a geladeira e verificar as borrachas de vedação regularmente.

Iluminação

  • utilizar iluminação natural ou lâmpadas econômicas;
  • apagar a luz ao sair de um cômodo; e
  • se for o caso, pintar o ambiente com cores claras.

Ferro de passar

  • juntar roupas para passar de uma só vez;
  • separar as roupas por tipo e começar por aquelas que exigem menor temperatura; e
  • nunca deixar o ferro ligado enquanto realiza outra atividade.

Aparelhos em stand-by

  • retirar os aparelhos da tomada quando possível ou durante longas ausências.

Últimas notícias