Bolsonaro confirma Tarcísio Freitas na disputa pelo governo de SP

O presidente ainda salientou que o ministro da Infraestrutura é preparado para a missão: "É um tocador de obras"

atualizado 13/01/2022 20:02

Presidente Bolsonaro e Tarcísio Gomes de Freitas, Ministro da infraestruturaIgo Estrela/ Metrópoles

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse, na noite desta quinta-feira (13/1), durante sua tradicional live semanal, que conversou com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, e ele topou disputar, este ano, as eleições para governador do estado de São Paulo, comnadado, atualmente, pelo tucano João Doria, arquiinimigo do presidente.

“Conversei com o Tarcísio e ele topou ser pré-candidato ao governo do estado de São Paulo. O que posso falar? Dos três anos que ele teve comigo, poderia antecipar um pouco mais […] No nosso governo, tem feito um trabalho que é reconhecido por todos, então é um tocador de obras, um empreendedor e sabe dos problemas do Brasil todo”, disse Bolsonaro sobre o chefe da Infraestrutura.

Bolsonaro ainda saiu em defesa de Tarcísio quanto à principal crítica que ele recebe em referência ao intuito de disputar o cargo: a inexperiência com as questões técnicas do estado de São Paulo. O ministro é oriundo do Rio de Janeiro.

“Logicamente não vai ser saber com profundidade e nem particularidade sobre certos problemas sobre o estado de São Paulo, assim como eu não sei do Brasil. Agora o Tarcísio, pode sim, ser uma esperança para São Paulo”, enfatizou o presidente durante a live.

Secretariado técnico

“Pode ter certeza que, ele ganhando, [ele] vai fazer um trabalho semelhante ao meu, a começar pela escolha do secretariado, pois tem que ser tecnicamente escolhido. A dificuldade grande que tive no começo foram as pressões políticas para que os mesmos grupo de sempre tivesse aqui um naco, na Esplanada dos Ministérios. Hoje, parte do Parlamento entende que foi uma medida bem tomada”, argumentou Bolsonaro.

“Ele é uma promessa para São Paulo. Poderia Tarcísio cuidar da vida dele […], mas ele quer contribuir para com o Brasil disputando as eleições a São Paulo”, finalizou o chefe do Executivo federal.

Mais lidas
Últimas notícias