Ala de Eurípedes Júnior retoma na Justiça a sede nacional do Pros

Imóvel estava ocupado desde o último dia 11 por integrantes de uma ala dissidente do presidente do partido

atualizado 31/01/2020 20:49

Reprodução/YouTube

A executiva nacional do Partido Republicano da Ordem Social (Pros), presidida por Eurípedes Júnior, conseguiu na Justiça a reintegração de posse da sede nacional da sigla, em Brasília. O local, uma casa no Lago Sul, bairro nobre de Brasília, havia sido ocupado no último dia 11 de janeiro por membros do partido que haviam feito uma reunião e anunciado a destituição dos dirigentes, um movimento que tem sido derrotado em sucessivas decisões judiciais.

Júnior, que é fundador do Pros, é acusado pelos adversários internos de desviar recursos da legenda – um inquérito da Polícia Civil goiana com as denúncias foi enviado para a Justiça Federal. Ele também é investigado em um caso de agressão, cuja vítima seria sua própria filha.

A decisão que garantiu a reintegração de posse foi do juiz Hilmar Castelo Branco Raposo Filho, da 21ª Vara Cível de Brasília. Segundo ele, a ala dissidente não conseguiu provar a regularidade dos procedimentos adotados para destituir a direção do partido.

O juiz deu prazo de 48 horas para que o imóvel seja desocupado.

De acordo com integrantes da executiva nacional, a sede foi invadida à força, por pessoas armadas que renderam o porteiro.

O Metrópoles ainda não conseguiu contato com o interventor nomeado pelos dissidentes, Marcus Vinicius Chaves de Holanda.

Veja abaixo a íntegra da decisão judicial de reintegração de posse:

Decis Ão by Raphael Veleda on Scribd

Mais lidas
Últimas notícias