*
 

O atual ministro da Fazenda, Eduarda Guardia, recebe, na tarde desta terça-feira (6/11), o seu sucessor, na sede da Pasta, em Brasília. Está será a primeira reunião entre Guardia e o economista Paulo Guedes que assumirá, no governo de Jair Bolsonaro (PSL), o recém-criado Ministério da Economia.

Guedes deixou o Ministério da Defesa onde almoçou com o presidente eleito e seguiu para a Fazenda. A reunião deve começar por volta das 15h30. A expectativa é que nesse primeiro encontro Guardia repasse a Guedes uma série de “recomendações”. O ministro aconselhá o economista a adotar medidas para a redução do déficit nas contas públicas.

Além disso, o atual ministro da Fazenda dirá ao seu sucessor para seguir evitando o descumprimento da chamada “regra de ouro” das contas públicas – que impede o governo de fazer dívida para pagar despesas. A redução do abono salarial também está na pauta da conversa.

Bolsonaro e Doria em Brasília
Em Brasília desde o início da manhã desta terça, o presidente eleito, Jair Bolsonaro, visita diversas autoridades durante o dia. O militar reformado do Exército também passará a quarta-feira (7) no DF, quando se encontrará com o presidente da República, Michel Temer (MDB).

Além dessa reunião, Bolsonaro deverá achar um espaço na agenda para receber o governador eleito de São Paulo, João Doria (PSDB). O tucano confirmou que vira a Brasília nesta quarta exclusivamente para encontrá-lo durante a tarde.

Esse também será o primeiro encontro entre os dois. Durante a campanha, Doria declarou voto ao então candidato à presidência, o que gerou saia justa entre ele e demais integrantes do PSDB, em especial Geraldo Alckmin.