*
 

Com a expectativa de rejeição da candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o PT avalia colocar o nome de Fernando Haddad como vice. Dessa forma, o ex-prefeito de São Paulo assumiria a cabeça da chapa quando a Corte impugnar a intenção do ex-presidente. A informação é do repórter Nilson Klava, da GloboNews.

De acordo com a reportagem, a estratégia do PT é conseguir habeas corpus para Lula poder participar de toda a campanha eleitoral e até mesmo registrar a candidatura em agosto. Com isso, o ex-chefe do Executivo fortaleceria Haddad no palanque a fim de tentar levá-lo ao segundo turno.

O nome do ex-prefeito de São Paulo ganhou força após as investigações da Lava Jato atingirem o ex-governador da Bahia Jaques Wagner, que agora quer disputar a eleição para senador e, assim, garantir o foro privilegiado.

Lula está preso desde a noite de sábado (7/4), quando se entregou à Polícia Federal para começar a cumprir a pena de 12 anos e 1 mês pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá.