Moro anuncia Maurício Valeixo como futuro diretor da Polícia Federal

Ministro da Justiça no governo Jair Bolsonaro confirmou nomes da equipe na nova gestão

Hugo Barreto / MetrópolesHugo Barreto / Metrópoles

atualizado 20/11/2018 14:11

O futuro ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, anunciou nesta terça-feira (20/11) que o delegado Maurício Valeixo será o novo diretor-geral da Polícia Federal (PF) no governo Jair Bolsonaro.

“Seria eu um tolo se não aproveitasse pessoas que trabalharam comigo, especialmente no âmbito da Operação Lava Jato, porque essas pessoas já provaram tanto a sua integridade como a sua eficiência”, disse Moro, em rápida conversa com jornalistas no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), sede da transição de governo.

Atual superintendente da PF no Paraná, Maurício Valeixo é ex-diretor de Inteligência da instituição e também comandou a área de Combate ao Crime Organizado.

A delegada Erika Marena, por sua vez, vai chefiar o Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional (DRCI). Moro afirmou que Érika Marena talvez seja “a maior especialista do Brasil” em cooperação jurídica internacional.

“O objetivo é fortalecer a cooperação jurídica internacional, fortalecer o próprio DRCI. É uma área estratégica”, disse.

Moro defendeu a indicação de Érika Marena, ao ser questionado sobre as críticas feitas à investigação no âmbito da Operação Ouvido Moucos, liderada pela delegada.”Ela tem minha plena confiança”, disse.

Últimas notícias