metropoles.com

Ministério da Saúde exonera diretor preso pela PF por desvios na área

Diário Oficial da União desta sexta (19) traz a saída do cargo de João Salame Neto, um dos alvos da Polícia Federal por fraudes na saúde

atualizado

Compartilhar notícia

Rafaela Felicciano/Metrópoles
Ministério da Saúde
1 de 1 Ministério da Saúde - Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles

O Palácio do Planalto exonerou ainda na quinta-feira (18/10) João Salame Neto do cargo de diretor do Departamento de Atenção Básica da Secretaria de Atenção à Saúde, do Ministério da Saúde.

A exoneração está no Diário Oficial da União desta sexta-feira (19). João Salame foi preso por volta das 6h da quinta-feira, em uma residência no Lago Norte, no âmbito da Operação Partialis.

Ex-prefeito de de Marabá, João Salame Neto foi preso pela Polícia Federal sob a acusação de participar de esquema que desviou mais de R$ 2 milhões em fraudes de licitação no Pará.

 

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações