Joice já perdeu 240 mil seguidores depois do racha com Bolsonaro

Segundo a consultoria Bites, até o fim da próxima semana 400 mil pessoas podem deixar de seguir a parlamentar, diz site

Igo Estrela/MetrópolesIgo Estrela/Metrópoles

atualizado 19/10/2019 19:55

A briga de Joice Hasselmann (PSL-SP) com o clã Bolsonaro não tem sido vantajosa para a parlamentar. De acordo com um levantamento feito pela consultoria Bites e divulgado pelo Poder360, Joice já perdeu 240 mil seguidores desde a última quinta-feira (17/10/2019), uma queda de 4,7%. A estimativa é de que este número aumente para 400 mil até o fim da próxima semana.

Só nas primeiras 24h depois de ser sido destituída da liderança do governo no Congresso – e de dar entrevista atacando o que chamou de “milícia virtual” bolsonarista e classificando a “inteligência emocional” de Bolsonaro como “-20” –, a parlamentar perdeu 126.920 seguidores no YouTube, Facebook, Instagram e Twitter. A hashtag #DeixeDeSeguirAPepa, que faz alusão à Joice depois de uma discussão com a deputada Carla Zambelli (PSL-SP), já está nos assuntos mais comentados do Twitter.

Outros parlamentares, como o presidente do PSL, Luciano Bivar, a Prof. Dayane Pimentel (PSL-BA), Delegado Waldir (PSL-GO), Julian Lemos (PSL-PB) e Felipe Francischini (PSL-PR), que se posicionaram contra a família Bolsonaro, também vêm perdendo seguidores. O levantamento da Bites diz que cada um deles perdeu 10.597 seguidores. Já os números dos deputados que escolheram o lado de Bolsonaro, em contrapartida, estão aumentando. Um grupo de nove parlamentares ganhou 51.528 – exatos.

Últimas notícias