Bolsonaro destitui Joice da liderança do governo no Congresso

Informação foi confirmada pelo líder do partido na Câmara, Delegado Waldir

Foto: Igo Estrela/MetrópolesFoto: Igo Estrela/Metrópoles

atualizado 18/10/2019 11:06

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) não é mais a líder do governo no Congresso Nacional. Parlamentares bolsonaristas do PSL informaram ao Metrópoles que a decisão teria partido do presidente da República, Jair Bolsonaro.

À reportagem, o líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (GO), também confirmou que Joice não fica mais na função: “Tiraram ela, né, é uma punição”. Por outro lado, deputados ligados ao presidente confirmaram que a ação foi capitaneada por Bolsonaro.

O Palácio do Planalto, por meio do porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros, confirmou, no meio da tarde, em nota, a troca da liderança do governo no Congresso.

“Sendo uma prerrogativa do Presidente da República escolher seus líderes para representar o governo no poder Legislativo, será encaminhada mensagem ao Congresso Nacional informando a substituição da deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) pelo Senador Eduardo Gomes (MDB-TO) na função de líder do governo naquela Casa.”, diz o texto divulgado nesta tarde.

O relação entre Joice e o Executivo já estava desgastada, segundo os deputados, mas a gota d’água foi a assinatura da deputada na lista que apoiava Waldir (GO) para permanecer no cargo de líder do partido na Câmara dos Deputados.

Na quarta-feira (16/10/2019), Bolsonaro entrou na articulação para mobilizar assinaturas na sigla para destituir Waldir e colocar o filho dele, Eduardo Bolsonaro (SP), no lugar. A articulação, entretanto, não funcionou: nesta quinta-feira (17/10/2019), a Secretaria-Geral da Mesa confirmou a permanência de Waldir no cargo.

Últimas notícias