Fala de Guedes sobre dólar e domésticas foi “infeliz”, diz Onyx

Ministro da Economia disse que, com dólar baixo, "empregada doméstica estava indo pra Disneylândia, uma festa danada"

DIDA SAMPAIO/ESTADÃO CONTEÚDODIDA SAMPAIO/ESTADÃO CONTEÚDO

atualizado 14/02/2020 12:05

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni (DEM-RS) disse, em entrevista à Rádio Gaúcha nesta sexta-feira (14/02/2020), que a declaração do ministro Paulo Guedes sobre empregadas domésticas e o valor do dólar foi infeliz.

Em palestra no Seminário de Abertura do Legislativo 2020, Guedes disse que quando a moeda estadunidense estava em baixa, estava “todo mundo indo pra Disneylândia, empregada doméstica indo pra Disneylândia, uma festa danada”.

Ao comentar a frase do colega de governo, Onyx disse que a atual administração tem a humildade de pedir desculpas quando erra. Não houve pedidos de desculpas para a fala até o momento.

“Eu adoraria dizer o contrário: que bom que todas as pessoas no Brasil, independente de sua condição, possam ter uma vida tão boa que lhe permitam ir aonde quiserem. Que um dia a gente tenha um padrão de renda média que permita a qualquer um ir para a Disney ou realizar o sonho que quiser”, comentou.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) não repercutiu a fala de Guedes. “Eu respondo pelos meus atos”, esquivou-se. O presidente, porém, disse considerar que o dólar está “um pouquinho alto”.

Recentemente, o ministro se envolveu em outra polêmica ao comparar funcionários públicos a “parasitas”. A declaração causou intensa reação entre servidores e autoridades e o obrigou a pedir desculpas e dizer que “se expressou mal“.

Últimas notícias