O deputado federal Alexandre Frota (PSL-SP) e Eduardo Bolsonaro, que também é deputado federal pelo mesmo partido, protagonizaram um bate-boca público via Twitter na sexta-feira (10/05/2019). O motivo da discórdia seria uma possível filiação do comunicador José Luiz Datena ao PSL, com o plano futuro de concorrer à prefeitura de São Paulo em 2020.

Tudo começou com um post do filho do presidente que, desde o início do mês, é presidente do PSL em São Paulo. No texto, ele apenas avisava sobre as tratativas com Datena, que é apresentador da TV Bandeirantes, e há tempos vem manifestando o interesse de embarcar em uma carreira política apoiado pela popularidade que ganhou na televisão.

Frota ironizou a postagem, lembrando que conversas semelhantes foram mantidas com Datena anteriormente, que não efetivou sua candidatura. O ex-ator, conhecido pela declarações fortes, também afirmou que o encontro era a própria “corte montada”, referindo-se à presença do príncipe Luiz Philippe de Orleans e Bragança na reunião.

O filho do presidente, também conhecido como 3, reagiu chamando Alexandre Frota de caroneiro, atribuindo a eleição do ator para o cargo de deputado federal ao sucesso de Jair Bolsonaro nas urnas.

A acusação rendeu um novo ataque de Alexandre Frota, que em resposta a Eduardo Bolsonaro afirmou que o filho do presidente era, ele próprio, um caroneiro.