David Miranda beija marido em foto: “Crivella, tire o ódio do caminho”

Comentário foi resposta do deputado à determinação do prefeito do Rio para fiscais apreenderem na Bienal do Livro HQs com beijo gay na capa

ReproduçãoReprodução

atualizado 06/09/2019 18:54

Após o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB), pedir o recolhimento da revista em quadrinhos Vingadores – A Cruzada das Crianças, na Bienal do Livro, o deputado federal David Miranda (PSol-RJ) publicou uma foto beijando o marido, o jornalista Glenn Greenwald. Na legenda, o parlamentar deixou um recado:

“Crivella, tire o seu ódio do nosso caminho, que nós queremos passar com o nosso amor”, escreveu Miranda no Twitter. Além da imagem do casal, o parlamentar usou uma foto do gibi censurado pelo prefeito do Rio para criticar a atitude do político.

Entenda
Crivella anunciou na noite dessa quinta-feira (05/09/2019) que “determinou” aos organizadores da Bienal do Livro, evento promovido em um centro de exposições da zona oeste do Rio, que recolhessem um livro que, segundo ele, oferece “conteúdo sexual para menores”.

Segundo Crivella, que postou um vídeo nas redes sociais anunciando a ordem para recolhimento da obra, “livros assim precisam estar em um plástico preto, lacrado, avisando o conteúdo”. O político alega que isso seria uma determinação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), mas um beijo não se enquadra nas previsões do código, que cita nudez ou sexo explícito.

Em resposta à ordem, a Bienal do Livro do Rio de disse que é um direito do consumidor solicitar a troca de um produto que ele comprou e não gostou, como prevê o Código de Defesa do Consumidor, mas não acatou a solicitação do prefeito.

A repercussão foi tanta que os exemplares esgotaram em apenas 29 minutos após o pedido de Crivella.

Últimas notícias