Cai secretário de PPI. Martha Seillier, da Infraero, assume

A substituição deverá ser oficializada na próxima segunda-feira e é vista como fortalecimento do ministro da Infraestrura

Reprodução/YoutubeReprodução/Youtube

atualizado 05/07/2019 13:26

O chefe da Secretaria Especial do Programa de Parcerias de Investimento (PPI) do governo federal, Adalberto Santos de Vasconcelos, será exonerado. O nome escolhido para o cargo é o de Martha Seillier, presidente da Infraero.

A troca deverá ser oficializada na próxima segunda-feira (08/07/2019). Nos bastidores, a substituição foi vista como um sinal de fortalecimento do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, e dão gás às especulações de que ele poderia assumir a Casa Civil no futuro próximo.

Adalberto, que deixa a secretaria, estava no cargo desde o governo do ex-presidente Michel Temer (MDB). Ele é engenheiro do Metrô-DF e auditor do TCU desde 1996. A escolha por sua permanência no governo Bolsonaro foi anunciada ainda durante a transição, pelo ex-secretário de Governo, general Carlos Alberto dos Santos Cruz.

A Secretaria Especial do Programa de Parcerias de Investimentos (SPPI) conta com especialistas nas áreas de infraestrutura, finanças, engenharia, direito, economia e relações internacionais.

A missão da secretaria é avançar com as metas do Programa, que pretende ampliar a interação entre o Estado e a iniciativa privada por meio de contratos de parceria para a execução de empreendimentos públicos de infraestrutura e de outras medidas de desestatização.

Martha Seillier era, desde janeiro, presidente CEO da Infraero. Servidora pública federal da carreira e especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental, Martha fez parte do governo de Temer como assessora-chefe da Casa Civil da Presidência da República, onde participou da equipe que elaborou as reformas Trabalhista e da Previdência. Martha foi a primeira mulher a ocupar o cargo de presidente da Infraero.

A ex-CEO da Infraero e futura secretária já foi diretora do Departamento de Regulação e Concorrência da Aviação Civil (DERC) da Secretaria de Aviação Civil (SAC-PR), de 2011 a 2016, e coordenadora no Departamento de Política do órgão, em 2010. É formada em Direito e mestre em Economia pela Universidade de Brasília.

Últimas notícias