Bolsonaro vai a culto na Câmara em meio à discussão da Previdência

Segundo o porta-voz do Planalto, o presidente vai aproveitar a oportunidade para conversar com congressistas nesta quarta-feira

Daniel Ferreira/MetrópolesDaniel Ferreira/Metrópoles

atualizado 09/07/2019 20:38

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) participará de um evento religioso no Auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados, na manhã desta quarta-feira (10/07/2019). Embora o momento seja crucial para a aprovação da reforma da Previdência, segundo o porta-voz do Palácio do Planalto, Otávio do Rêgo Barros, o objetivo principal não é de aproximação com os deputados.

“A ida para o Congresso do senhor presidente da República não está enlaçada diretamente à questão da nova Previdência, mas, por óbvio, em estando lá ele há de discuti-la com os parlamentares, em especial com o presidente daquela Casa, que é o deputado Rodrigo Maia”, explicou Rêgo Barros. 

O solenidade é uma homenagem aos 42 anos da Igreja Universal do Reino de Deus. Segundo o porta-voz, inicialmente, estava programada apenas a ida do ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos Baptista. “O presidente entendeu que era importante adequar-se a essa agenda e vai ao encontro dos congressistas, dos deputados, junto ao ministro Ramos”, disse.

Mais cedo, o presidente fez um apelo ao Legislativo, pedindo que os parlamentares da Câmara e do Senado votem “com o coração e com a razão”.

Últimas notícias