*
 

O candidato à Presidência da República do PSL, Jair Bolsonaro, foi vítima de um atentado com faca nesta quinta-feira (6/9) e passou por cirurgia no Hospital da Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora (MG). O procedimento terminou por volta das 19h.

O golpe atingiu a região do abdômen do político, mas há divergências ainda sobre órgãos que teriam sido perfurados. O presidenciável perdeu muito sangue devido à ruptura de uma artéria e teria sido submetido a uma transfusão de sangue.

Mais cedo, um dos filhos do presidenciável, Flávio, chegou a dizer que o pai estava bem, tinha sido ferido superficialmente no abdômen e havia levado seis pontos. No entanto, minutos depois, foi divulgado que a facada atingiu o fígado do político e ele havia entrado em cirurgia. Pelas redes sociais, o filho do presidenciável confirmou a gravidade dos ferimentos do pai.

Outro filho do presidenciável, Eduardo Bolsonaro afirmou via Twitter que está a caminho de Juiz de Fora e as informações sobre o estado de saúde do pai são “desencontradas”. Ele pede orações aos pela melhora do candidato.

Segundo entrevista rápida do porta-voz do hospital, Bolsonaro tem uma perfuração na altura do abdômen. O candidato passa, neste momento, por um procedimento chamado laparotomia exploratória.

As lesões podem ser no fígado e na alça intestinal. Se os dois ferimentos forem confirmados na cirurgia, são graves e podem provocar sangramento interno. A cirurgia ainda não tem horário estimado para acabar.

Atentado
Bolsonaro cumpria agenda de campanha, nesta quinta-feira, no município mineiro, quando foi atacado: um homem que estava no meio dos apoiadores do político o agrediu e tentou fugir, mas acabou contido pela multidão. Ele levou socos dos seguidores de Bolsonaro.

Agentes federais, que faziam a escolta do presidenciável prenderam o agressor em flagrante –  segundo a polícia, o nome do suspeito é Adélio Bispo de Oliveira. A Polícia Federal abriu inquérito para apurar as circunstâncias do atentado. (Com informação da agência Estado)

Veja abaixo os vídeos do momento em que o candidato é esfaqueado: