Bolsonaro diz que empresas poderão publicar balanço no DOU sem custo

De acordo com o presidente, as companhias vão economizar R$ 900 mil, valor gasto com a publicação nos jornais, em média

Hugo Barreto/MetrópolesHugo Barreto/Metrópoles

atualizado 06/08/2019 15:20

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) informou, durante o 29º Congresso e ExpoFenabrave nesta terça-feira (06/08/2019), que assinou uma medida provisória para permitir a publicação de balanços empresariais gratuitamente no Diário Oficial da União (DOU) ou em relatórios da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

“Quantas vezes nós abrimos os jornais e temos ali balanços de grandes empresas, como Petrobras, por exemplo, dezenas de páginas, bem como outras empresas não estatais, também com algumas páginas, publicando seus balanços. Então, para ajudar a imprensa de papel e para facilitar a vida de quem produz também, assinamos essa medida”, comentou.

Segundo Bolsonaro, as grandes empresas gastavam com jornais, em média, R$ 900 mil por ano. “Vão deixar de gastar isso aí. Tenho certeza de que a imprensa vai apoiar isso daí”, disse o presidente em discurso carregado de críticas à imprensa.

O mandatário da República falou também das dificuldades que enfrenta como presidente da República. Sinalizou ainda que as medidas para ajudar a economia aparecem aos poucos.

Após receber diversas críticas, o chefe do Executivo nacional voltou a defender a nomeação do filho e deputado federal, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), para a Embaixada do Brasil em Washington, nos Estados Unidos. “Se não for meu filho, será o filho de alguém”, justificou.

Últimas notícias