Alcolumbre arquiva requerimento de criação da CPI da Lava Toga

Presidente do Senado recorreu da própria decisão e enviou recurso à Comissão de Constituição e Justiça

Michael Melo/MetrópolesMichael Melo/Metrópoles

atualizado 26/03/2019 21:22

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), decidiu arquivar o requerimento para a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito que investigaria ações de integrantes dos tribunais superiores, a chamada CPI da Lava Toga. A decisão foi anunciada em plenário, na noite desta terça-feira (26/3).

De acordo com a Casa, o próprio presidente recorreu, em seguida, de sua própria decisão pelo arquivamento e encaminhou o recurso para a criação do colegiado à Comissão de Constituição e Justiça para avaliação.

O requerimento para a abertura da CPI foi protocolado pelo senador Alessandro Vieira (PPS-SE), há exatamente uma semana. Ele conseguiu apoio de 29 parlamentares para criar a CPI, que pretende apurar o “ativismo judiciário” das Cortes Superiores. Na ocasião, o presidente da Casa já havia sinalizado que poderia barrar a abertura.

Com informações da Agência Senado

Últimas notícias