Policiais são afastados após serem flagrados agredindo morador de rua

"Quero deixar claro que este tipo de conduta não segue os protocolos operacionais da Polícia Militar", afirmou o governador João Doria (SP)

atualizado 17/06/2019 20:54

Reprodução

Dois policiais foram impedidos de exercer atividades externas pela Polícia Militar de São Paulo, nesta segunda-feira (16/06/2019), após serem flagrados agredindo um morador de rua identificado como Marcelo, na zona oeste da capital paulista. Os PMs afastados foram realocados para serviços na administração de quartéis até o fim da investigação.

O governador de São Paulo, João Doria, confirmou o afastamento da dupla. “Assisti há pouco vídeo onde policiais agridem duas pessoas na região da Vila Leopoldina, aqui na capital. Quero deixar claro que este tipo de conduta não segue os protocolos operacionais da PM”, afirmou.

Uso progressivo da força
De acordo com o Boletim de Ocorrência do caso, os PMs foram acionados por uma mulher que não conseguia tirar o carro do estacionamento de um supermercado. Ela informou que Marcelo havia fechado a passagem com uma carroça e teria pedido dinheiro para abrir caminho. Ao ser abordado pela Polícia Militar, o morador de rua teria desferido socos e pontapés contra os agentes, que reagiram com “uso progressivo da força”.

Ainda segundo o registro, os PMs teriam sofrido escoriações e mordidas. No vídeo, é possível ver os PMs tentando imobilizar o morador de rua e desferindo chutes conta ele. Nas imagens também é possível ver outra pessoa não identificada tentando separar a confusão e levando um tapa de um dos policiais.

Veja o vídeo:

Últimas notícias