Polícia prende golpista que vendia motos com “redução de impostos”

Organização criminosa agia por meio de anúncios publicados nos classificados de jornais e causou prejuízo de mais de R$ 500 mil

atualizado 12/02/2021 22:47

Agentes da Delegacia de Polícia Interestadual – Divisão de Capturas (DC-Polinter) prenderam, na manhã desta sexta-feira (12/2), Fernanda Fagundes Freitas Feijó, acusada de aplicar golpes com vendas de veículos, deixando dezenas de vítimas com prejuízo de mais de R$ 500 mil.

De acordo com as investigações, Fernanda integrava uma organização criminosa, que agia por meio de anúncios publicados nos classificados de jornais.

O grupo, segundo a polícia, anunciava a venda de motocicletas, direto da fábrica, com IPI reduzido. Aos interessados, a organização exigia o depósito de valores como forma de adiantamento, feitos em contas de laranjas, mas nunca entregava os veículos.

Com a prisão, a polícia cumpriu mandado de prisão em aberto desde 2019, quando Fernanda passou a ser considerada foragida. A presa tem uma condenação por estelionato e já foi encaminhada ao sistema prisional.

A Polícia Civil mantém operação constante para a captura de criminosos condenados, foragidos do sistema prisional, como Fernanda.

Os agentes pedem que a população contribua com este trabalho, repassando informações ao Disque-Denúncia da delegacia, pelo número (21) 96587-1592 (WhatsApp), com promessa de anonimato.

Últimas notícias