Polícia prende 32 suspeitos de crimes sexuais contra crianças

A maioria dos acusados é formada por pessoas próximas às vítimas, com grau de parentesco incluindo pais, irmão e tios 

atualizado 15/10/2020 16:37

32 suspeitos são presos por crimes sexuaisTV Verde Mares/ Reprodução

Trinta e dois suspeitos de cometer crimes sexuais contra crianças e adolescentes foram pesos pela Polícia Civil, nesta quinta-feira (15/10), no Ceará. A operação cumpriu 75 mandados de prisão contra acusados de estupro, lascívia, práticas obscenas, pornografia infantil, divulgação de imagens e omissão dos crimes. As informações são do G1.

De acordo com o delegado geral da PC do Ceará, Marcus Rattacaso, a maioria dos acusados é formada por pessoas próximas às vítimas, com grau de parentesco incluindo pais, irmão e tios.

“É o abuso da relação de confiança que existe entre parentes, às vezes até pais, irmãos e tios. Daí a importância que a família tenha a coragem de noticiar o crime, porque a polícia precisa dessas informações”, destacou.

Entre os suspeitos, duas são mulheres e os demais são homens de idades entre 30 e 70 anos.

Vítimas

Em grande maioria, as vítimas são crianças e adolescentes. “Normalmente os crimes são contra menores de 14 anos, pessoas com deficiência mental e pessoas que, por qualquer circunstância, não poderiam oferecer resistência. Então é o que a gente chama de violência presumida”, afirmou o delegado geral-adjunto da PC, Sérgio Pereira.

Mais de 140 policiais do Departamento Técnico Operacional e do Departamento de Polícia Judiciária Especializada participaram da ação.

Últimas notícias