Polícia investiga caso de homofobia após ataques a professor em SC

As retaliações começaram após a realização de uma atividade pedagógica que abordava a diversidade

atualizado 28/07/2021 11:00

atividade pedagógicaArquivo Pessoal

A Polícia Civil abriu inquérito para apurar se houve crime de homofobia contra o professor de artes de uma escola municipal de Rio Negrinho, no Planalto Norte de Santa Catarina.

A investigação foi determinada pelo Ministério Público na última segunda-feira (26/7), após ataques serem denunciados ao órgão.

Leia mais em NSC Total, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias