Polícia indicia homem que usou símbolo nazista em bar de Unaí

Zecão Adjuto foi à delegacia para prestar depoimento e alegou sofrer de depressão e ansiedade

ReproduçãoReprodução

atualizado 18/12/2019 21:51

O homem que usou uma faixa com um símbolo nazista no último fim de semana em um bar na cidade de Unaí, em Minas Gerais, foi indiciado pela Polícia Civil por discriminação racial. A informação é do jornal O Tempo.

A pena prevista para esse crime inclui prisão de dois a cinco anos e multa. A Polícia Civil abriu inquérito, na última segunda-feira (16/12/2019), e pessoas que estavam no bar prestaram depoimentos.

“Zecão” Adjuto é de uma família conhecida na cidade mineira. O primo dele chegou a pedir desculpas nas redes sociais pela atitude do parente.

Nessa terça-feira (17/12/2019), foi cumprido mandado de busca e apreensão na casa e na fazenda do suspeito, mas nada de ilícito ou vinculado ao nazismo foi encontrado. No mesmo dia, ele foi à delegacia para prestar depoimento e alegou sofrer de depressão e ansiedade.

Últimas notícias