Trio é preso suspeito de furtar até 400 cabeças de gado no sul de MG

Polícia Civil apreendeu uma arma de fogo longa, calibre 36, na posse de um dos investigados

atualizado 16/02/2021 22:56

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu, na manhã desta terça-feira (16/2), três homens, de 37, 44 e 45 anos, suspeitos de roubarem gados no sul do estado.

Os investigadores estimam que o grupo estaria envolvido no furto de mais de 400 cabeças de gado.

Os crimes teriam sido cometidos ao longos dos últimos meses, nas cidades de Cambuí, Pouso Alegre, Careaçu, Munhoz e São Sebastião da Bela Vista.

Só em São Gonçalo do Sapucaí, foram levadas 46 reses, em janeiro deste ano.

Os suspeitos foram identificados e localizados nas cidades de Santa Isabel, Nazaré Paulista e Igaratá, todas do interior de São Paulo.

Os três foram presos em casa, ocasião em que foi apreendida uma arma de fogo longa, calibre 36, na posse de um dos investigados.

Na segunda-feira (15/2), um quarto suspeito, de 24 anos, já havia sido preso em flagrante, na cidade de Minduri (MG).

Os presos foram encaminhados ao sistema prisional. “As investigações continuam a fim de identificar e prender outros envolvidos”, informou a PCMG, em nota.

Últimas notícias