Sargento do Exército é morta a tiros durante assalto após carro enguiçar

Bruna Carla foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu aos ferimentos

atualizado 31/08/2020 14:21

Bruna Carla Borralho Cavalcanti de Araújo, sargento do Exército morta nesse domingoreprodução

Uma sargento do Exército Brasileiro morreu na noite desse domingo (30/8) durante um assalto em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro.

O carro de Bruna Carla Borralho Cavalcanti de Araújo tinha enguiçado quando os criminosos a assaltaram. Ela foi atingida por disparos de arma de fogo.

Bruna foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Pilar, na cidade fluminense, mas não resistiu aos ferimentos.

Em nota, a Polícia Militar do Rio de Janeiro (PMRJ) informou que o incidente teria ocorrido na Avenida Presidente Kennedy.

Já a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense foi acionada para investigar o caso e instaurou inquérito para apurar as circunstâncias.

A Secretaria de Estado de Vitimados (SEVIT) informa que ofereceu atendimento psicológico e social para a família de Bruna Carla.

Últimas notícias