Polícia Federal prende pai por gravar abuso sexual da filha de 11 anos

Criminoso de 35 anos, identificado pelas iniciais A.B.S.N., foi preso em flagrante na manhã desta quinta-feira (7/1)

atualizado 07/01/2021 10:37

estupro8Elza Fiúza/ Agência Brasil

A Polícia Federal (PF) prendeu, na manhã desta quinta-feira (7/1), em Americana (SP), um homem identificado apenas pelas iniciais A.B.S.N. de 35 anos suspeito de abusar sexualmente da própria filha, hoje com 11 anos.

As investigações se iniciaram no Núcleo de Repressão aos Crimes de Ódio e Pornografia Infantil pela Internet (NURCOP), situado em Brasília. A operação, denominada Lençóis Floridos, cumpriu ainda dois mandados de busca.

O criminoso é investigado pela Polícia Federal pelas condutas criminosas de estupro de vulnerável, produção de vídeo contendo pornografia infantil e armazenamento e compartilhamento do referido material.

As medidas contaram com o apoio do Conselho Tutelar da cidade. O caso foi denominado “red flowers sheet”, pois o suspeito filmou o abuso sexual da menor em uma cama com lençóis vermelhos floridos.

As apurações avançaram por meio de diferentes medidas, dentre elas, a identificação da imagem da menor abusada no vídeo a partir do confronto com as fotos constantes em redes sociais, inclusive com o lençol florido.

Durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão, foi encontrado material pornográfico no celular, razão pela qual o investigado também foi preso em flagrante pela posse de tais arquivos.

No total, policiais federais de Piracicaba (SP), que realizaram esta operação em Americana, cumpriram nos últimos 10 meses 13 mandados de busca e apreensão no combate ao crime de pedofilia.

Últimas notícias