Polícia prende músico foragido condenado por estupro de vulnerável no RJ

As investigações revelaram que ele praticava os abusos quando a mãe saía para trabalhar e a criança ficava sob a sua guarda

atualizado 16/09/2020 12:34

Policiais Civis da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (DCAV), prenderam na manhã dessa quarta-feira (16/9) um músico foragido da justiça de 55 anos. Contra ele havia um  mandado de prisão condenatória pelo pelo crime de estupro de vulnerável, expedido pela 1ª Vara Criminal de Niterói, com base em Investigações conduzidas pela DEAM-Niterói, em fato ocorrido no ano de 1995.

Condenado a uma pena de 13 anos e 6 meses de prisão em regime fechado, o músico foi julgado sob a acusação de ter abusado sexualmente de sua enteada, à época com 11 anos de idade, quando a família morava no bairro de Inoã, no município carioca de Maricá. As investigações revelaram que ele praticava os abusos quando a mãe saía para trabalhar e a criança ficava sob a sua guarda.

Leia mais em O São Gonçalo, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias