Marido de Flordelis levou tiro na cabeça a curta distância, diz IML

Pastor Anderson do Carmo foi morto no dia 16 de junho na garagem da própria casa, no Rio de Janeiro

atualizado 26/08/2019 15:40

Reprodução

Laudo do Instituto Médico Legal (IML) aponta que o pastor Anderson do Carmo, marido da deputada federal Flordelis (PSD-RJ), levou um tiro na cabeça a curta distância no dia em que foi assassinado. De acordo com o documento, um dos disparos foi dado em sua orelha direita. As informações são do jornal O Globo.

“A morte foi instantânea, consequente às lesões do crânio. O que demonstra isso, no laudo, são a hemorragia das meninges, as lesões no encéfalo e as fraturas dos três andares da base do crânio, que é incompatível com a vida”, destacou o perito legista aposentado, Levi Inimá, que analisou o documento.

O laudo constatou ainda que Anderson tinha 30 perfurações pelo corpo. O perito responsável pela análise, contudo, não consegui identificar com quantos tiros o pastor foi atingido exatamente, pois um mesmo disparo pode entrar por uma parte do corpo e sair por outra.

O perito Levi Inimá também ressaltou que a cena do crime foi desfeita, atrapalhando as investigações. “Cada tiro resultou na ejeção de um estojo. O local de crime foi desfeito dolosamente. O número dos estojos no local seria equivalente ao número de tiros. E os estojos, certamente, tinham impressões digitais do atirador”, alertou.

Mais lidas
Últimas notícias