Guarda foi morto por PM um dia antes de teste para entrar na corporação

O guarda municipal Ezequiel Santos Barbosa, de 29 anos, morreu nessa quinta-feira após trocar tiros com um policial militar, em Boa Vista

atualizado 04/09/2020 15:16

Ezequiel Santos Barbosa, de 29 anos, morto após troca de tiro com policial militarreprodução

O guarda municipal Ezequiel Santos Barbosa, de 29 anos, morto na noite dessa quinta-feira (3/9) durante uma troca de tiros com um policial, estava prestes a ser admitido na Polícia Militar de Roraima (PMRR).

A informação consta em nota divulgada pela PMRR nesta tarde. Ezequiel realizaria um teste de aptidão psicológica nesta sexta-feira (4/9) para o concurso público de soldado da corporação.

O guarda municipal morreu ao ser atingido em diversas partes do corpo durante a troca de tiro com o policial militar, identificado pela PMRR como soldado Jean Carlos Ribeiro Azevedo.

O incidente aconteceu em Boa Vista (RR). Uma câmera de segurança registrou toda a ação. Jean caminha na rua quando é abordado, às 22h20, pelo guarda em um veículo. A troca de tiros ocorre em seguida.

A Polícia Civil roraimense explicou, segundo registro feito pelo portal G1, que os dois estavam fora de serviço durante o confronto. A corporação apura o motivo da troca de tiros.

Na nota, a PMRR diz acreditar ter ocorrido um “fatídico mal entendido no qual os envolvidos, movidos pelo momento, agiram de forma putativa, desencadeando nos trágicos resultados”.

O soldado Jean Carlos Ribeiro Azevedo foi levado em estado grave para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital. Ele foi atingido no abdômen, conforme é possível ver no próprio vídeo.

Veja a nota da Polícia Militar de Roraima (PMRR):

Últimas notícias