Funcionário tem explosivos presos ao corpo durante assalto a banco

Além do empregado, uma família também foi feita refém. Os criminosos foram, porém, frustrados pela polícia e não levaram nenhuma quantia

Fabio Santos/Site Voz da BahiaFabio Santos/Site Voz da Bahia

atualizado 07/05/2019 18:27

Um funcionário de uma agência do Banco do Brasil de Muritiba (BA) teve explosivos presos ao corpo e familiares feitos reféns durante uma ação de criminosos que queriam roubar a unidade. As informações são do site A Voz da Bahia.

De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), a polícia conseguiu fazer um cerco, e os suspeitos fugiram sem levar nenhuma quantia.

Os reféns, que não tiveram a identidade divulgada, teriam sido abordados na casa onde moram. Logo em seguida, os criminosos teriam colocado os explosivos no corpo do funcionário do Banco do Brasil para que ele fosse até a agência e tirasse dinheiro para os bandidos.

Equipes do Esquadrão Antibombas do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar também foram deslocadas para a cidade, a fim de retirar os explosivos do corpo do funcionário, que também não teve o nome divulgado.

O caso está sendo investigado pelo Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco).

Últimas notícias