Ex-chacrete com 14 anotações criminais é presa por estelionato

A mulher havia acabado de firmar contrato de locação em uma imobiliária usando um nome falso

Reprodução/ Facebook

atualizado 24/10/2019 18:34

A ex-chacrete Mary de Almeida da Costa Raad, conhecida como Dora Raad, 60 anos, foi presa em flagrante na tarde de quarta-feira (23/10/2019) em Icaraí, Niterói (RJ). De acordo com informações do jornal Extra, a mulher havia acabado de firmar contrato de locação em uma imobiliária usando um nome falso.

Segundo informações da Polícia Civil, Dora tem, ao todo, 14 anotações criminais e a maioria é relacionada a manutenção de casas de prostituição. Um funcionário da imobiliária desconfiou de Dora por lembrar que, em uma visita anterior, a ex-chacrete utilizou um terceiro nome.

O homem acionou a polícia, que encontrou Dora com documento falso e a cópia do contrato. Ela responderá pelos crimes de falsidade ideológica e tentativa de estelionato.

Em sua ficha criminal constam delitos como estelionato, falsificação de documento, quadrilha e por manter casas de prostituição.

Últimas notícias