metropoles.com

PF retoma área onde Yanomamis foram mortos por garimpeiros

Autoridades federais estão desde janeiro promovendo ações para retirar os garimpeiros da Terra Indígena Yanomami

atualizado

Compartilhar notícia

Polícia Federal/Divulgação
garimpo PF yanomami
1 de 1 garimpo PF yanomami - Foto: Polícia Federal/Divulgação

Uma operação de órgãos federais como Ibama, Força Nacional e Polícia Federal conseguiu retomar nesta semana uma comunidade que havia sido invadida por garimpeiros dentro da Terra Indígena Yanomami. Na região de Homoxi, os garimpeiros ilegais haviam forçado a desativação de um posto de saúde e matado a tiros ao menos três indígenas em fevereiro deste ano, quando já estava em andamento a operação de desintrusão da área indígena.

De acordo com informações da reportagem do G1 em Roraima, os agentes federais conseguiram queimar um avião usado para abastecer o garimpo e outros maquinários que estavam no local.

No dia 5 de fevereiro, três indígenas Yanomami foram mortos por garimpeiros na região. As informações foram divulgadas pelo líder indígena Júnior Hekurari Yanomami.

yanomami
Operação na Terra Indígena Yanomami

A chamada Operação Libertação, centrada em desmantelar a logística do garimpo no território Yanomami, já está em andamento desde janeiro.

A PF e outros órgãos apreenderam 16 toneladas de minério, quatro embarcações, 7 mil litros de combustível e 500 quilos de alimentos, segundo balanço divulgado no fim de fevereiro.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?