PF prende oitavo suspeito de ataque em Araçatuba durante operação

A Polícia Federal deflagrou uma ação nesta terça-feira (14/9) contra a quadrilha que levou terror para cidade. Justiça expediu 20 mandados

atualizado 14/09/2021 8:56

Araçatuba assaltoReprodução

São Paulo – A Polícia Federal deflagrou uma operação nesta terça-feira (14/9) contra quadrilha que levou terror para cidade de Araçatuba, no interior de São Paulo, no dia 30 de agosto. Um oitavo suspeito de participar do mega assalto foi preso durante a ação, que contou com o apoio da Polícia Militar de SP.

De acordo com a PF, 20 mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão temporária foram expedidos pela 1ª Vara Federal de Araçatuba. Os mandados foram cumpridos na cidade que foi alvo dos ataques, além de Guarulhos, Campinas e Piracicaba (SP), com o apoio da Polícia Militar.

0

O suspeito preso foi localizado, interrogado e encaminhado ao presídio, onde permanecerá à disposição da Justiça Federal. No total, cerca de 20 bandidos participaram do ataque no município paulista. Desde número, oito envolvidos no roubo foram presos e outros dois foram identificados, mas morreram após o crime.

Terror na cidade

Na madrugada do dia 30 de agosto, moradores da cidade, que fica a cerca de 500 km de São Paulo, viveram momentos de terror. Os criminosos usaram reféns sobre carros e ainda de escudo humano para assaltar bancos e fugir da polícia.

No total, três pessoas morreram, sendo dois criminosos e um refém. Mais cinco moradores ficaram feridos, entre eles o servente de pedreiro Cleiton Alexandro Teixeira, de 25 anos. O jovem teve os dois pés e parte da mão direita amputados após ser vítima de um explosivo deixado por criminosos.

O rapaz recebeu alta do hospital na manhã de sexta-feira (10/9). O jovem foi morar na residência de um irmão, e o imóvel deve passar por algumas adaptações para melhor qualidade de vida do jovem.

Mais lidas
Últimas notícias