PF investiga esquema de tráfico humano entre Brasil e Paraguai

A investigação foi iniciada a partir da troca de informações com a Direção Geral de Assuntos Internacionais do país vizinho

atualizado 09/04/2020 17:44

A Polícia Federal, por meio da Delegacia de Defesa Institucional (DELINST), investiga um esquema de tráfico de pessoas entre o Brasil e o Paraguai. A investigação foi iniciada na última terça-feira (07/04) a partir de troca de informações com a Direção Geral de Assuntos Internacionais paraguaia.

Um homem conhecido como “Elias Sacoleiro” seria o responsável pelo recrutamento de pessoas para que trabalhassem em oficinas de costura em São Paulo.

Segundo a PF, a paraguaia Martina Ramírez Ibarrola registrou o desaparecimento de sua filha adolescente, que no Brasil sofria com trabalho escravo e exploração sexual.

De acordo com as autoridades daquele país, a jovem foi aliciada, recrutada e transportada da Ciudad de Caaguazú até São Paulo. Sacoleiro teria exigido da mãe da jovem dinheiro para providenciar seu retorno ao Paraguai.

Nessa quarta-feira (08/04), a adolescente foi resgatada através de um mandado de busca e apreensão e entregue aos pais. A menor foi encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML) para exame de corpo de delito.

A PF segue investigando, junto com as autoridades do Paraguai, possíveis envolvidos no crime.

Mais lidas
Últimas notícias