PF faz operação no DF que apura fraude milionária em contas de prefeituras

Ao todo, 70 policiais federais cumprem 28 mandados judiciais em diversas cidades do Distrito Federal

atualizado 16/12/2020 9:17

Polícia Federal faz operação contra fraudes bancárias on-line da CaixaPF/Divulgação

A Polícia Federal deflagrou operação nesta quarta-feira (16/12) para combater fraudes eletrônicas, via internet banking, cometidas por organização criminosa contra contas de prefeituras municipais em agências da Caixa Econômica Federal.

As transações fraudulentas – que somavam mais de R$ 2 milhões em rombo de conta bancária da Prefeitura de Pontes e Lacerda, no Mato Grosso – causaram, em poucos dias, prejuízo potencial em prefeituras superior a R$ 18 milhões.

A organização criminosa tinha, entre os seus integrantes, hackers e funcionários de operadoras de telefonia. As fraudes nas contas das prefeituras causaram diversos prejuízos para os municípios, desde atraso dos salários de servidores até a falta de pagamento de fornecedores, tendo em vista que os valores foram totalmente subtraídos das contas bancárias.

0

Ao todo, 70 policiais federais cumprem 28 mandados judiciais, sendo 11 de prisão e 17 de busca e apreensão em seis unidades da Federação (Goiás, Pará, São Paulo, Maranhão, Bahia e Distrito Federal).

Os investigados serão indiciados pela prática dos crimes de Invasão de Dispositivo Informático Mediante Fraude e Furto Qualificado.

Mandados são cumpridos nas seguintes localidades:

Dois mandados em Planaltina (GO), no Entorno do DF, sendo um de prisão
Planaltina (DF) — um mandado de prisão
Riacho Fundo — um mandado de prisão
Águas Lindas (GO), no Entorno do DF — um mandado de prisão

Últimas notícias